Arquivo Mensal Julho 2013

As primeiras 24 horas na China

Assim que cheguei na China a sensação foi indescritível.

Tudo era impressionante e diferente. Eu tinha a sensação de que eu estava em algum filme do Jackie Chan ou como dizem os chineses, um filme do Chénglóng (成龍).

Pois é,  não tente chamar o Jackie Chan por este nome que ninguém vai saber de quem você está falando, descobri isso nas primeiras 24 horas.

Outros nomes também são curiosos como o do Ronaldinho, Kaká, Anderson Silva, Pelé entre outros. Mas, esse é assunto para outro Post.

Leia Mais.

Desembarcando em Pequim

Chegou a hora de desembarcar.
Foi o primeiro momento em que eu me senti um estranho no ninho.
Pois, ao olhar ao redor só tinham chineses então o que no Brasil é minoria de uma hora para outra virou a grande maioria.

Leia Mais.

Pela janela do avião.

Por conta de um tédio, durante o longo tempo dentro do avião assistindo a todos os episódios de Dexter que eu já tinha visto, resolvi abrir a janelinha e fui agraciado por essa imagem muito legal do mar congelado.

Pedi para o piloto parar um pouco para eu me banhar naquelas águas. Mas, ele disse que o voo estava atrasado e que não seria possível.

Fica para a próxima.

Leia Mais.

A caminho da China

A primeira barreira que tive de quebrar antes de iniciar essa viagem a China foi saber lidar com a distância da família.

Isso pode parecer um grande dramalhão. Mas, foi a primeira vez que fiquei longe por mais de 1 mês, dessa gente que me atura, me suporta e me apaixona cada vez mais a cada dia.

Seguem as fotos do aeroporto e do último almoço antes da viagem.

Leia Mais.